2021, astrologicamente falando

Em 2019 escrevi esse texto dizendo que 2020 seria um ano ponte entre o velho e o novo mundo que precisamos construir, quando alguns ciclos estavam se fechando enquanto outros estavam se iniciando, e que muitas estruturas precisariam ruir para que o novo pudesse nascer. Não me parece que foi

abacateiro não dá manga

É possível imaginar uma cena com alguém ficando muito bravo com o abacateiro porque seu fruto é o abacate e não a manga? Ou ver alguém rezando ao pé do abacateiro, implorando que ele dê manga ao invés de abacate? Parece óbvio que não, né? Pode parecer óbvio quando olhamos

um olhar transcendente sobre a pandemia

Transcender é transpassar e ascender. Exercício de tentar ver além e por cima de algo. Ampliar o olhar além da dimensão imediata e de curto prazo que se apresenta a nossa frente. É aí que tenho focado meu olhar sobre a pandemia. E o que vejo é que ela esfrega

dia internacional de devoção ao feminino

Sempre que chega o Dia da Mulher fico sem saber o que falar. Não sei exatamente porquê. Então hoje resolvi tentar refletir sobre isso aqui, tentando escrever para me entender. Não sou das que manda parabéns nem publica nada nas redes nesse dia. Porque simplesmente não tenho clareza do que

compromisso e vontade

Cheguei à conclusão por esses dias que agora eu fiquei velha! Quero dizer… eu, que completei 50 anos ano passado e escrevi um texto sobre como não me sentia uma senhora de 50 anos, cheguei à conclusão, não sem certo espanto da minha parte, que acho que me tornei essa

o valor da palavra

“ – Você já considerou mentir alguma vez? Só um pouco? – Eu não vou fazer uma promessa que eu não posso cumprir. Quando muitas pessoas fazem falsas promessas, as palavras deixam de ter significado. Então não há mais respostas, apenas melhores e melhores mentiras. “ Esse diálogo de ‘Game

Outros saberes no seu email? Assine aqui:

nunca compartilharemos seus dados