É entregar-se à observação de si mesmo. Quando nos olhamos de perto podemos ver vários ‘eus’ de nós mesmos atuando no mundo. É aprender a conhecer as diferentes vozes que falam em nós. Com discursos diferentes, propostas, tons diferentes. Partes que …
É entregar-se à observação de si mesmo. Quando nos olhamos de perto podemos ver vários ‘eus’ de nós mesmos atuando no mundo. É aprender a conhecer as diferentes vozes que falam em nós. Com discursos diferentes, propostas, tons diferentes. Partes que …
É entregar-se à observação de si mesmo. Quando nos olhamos de perto podemos ver vários ‘eus’ de nós mesmos atuando no mundo. É aprender a conhecer as diferentes vozes que falam em nós. Com discursos diferentes, propostas, tons diferentes. Partes que …
Para Jung, energia psíquica = energia vital. Energia Vital aquela responsável por nosso estar no mundo, comer, andar, pensar, agir… Então, a qualidade da nossa energia psíquica vai definir nosso estar no mundo. Desde que nascemos nossa energia psíquica …
Para Jung, energia psíquica = energia vital. Energia Vital aquela responsável por nosso estar no mundo, comer, andar, pensar, agir… Então, a qualidade da nossa energia psíquica vai definir nosso estar no mundo. Desde que nascemos nossa energia psíquica …
Para Jung, energia psíquica = energia vital. Energia Vital aquela responsável por nosso estar no mundo, comer, andar, pensar, agir… Então, a qualidade da nossa energia psíquica vai definir nosso estar no mundo. Desde que nascemos nossa energia psíquica …
É tão tamanha a frequência com que ouço relatos de situações de vida onde as mães são ou foram más* com suas filhas meninas, que vivo me perguntando sobre as raízes dessa questão. Entre amigas vejo como ainda é …
É tão tamanha a frequência com que ouço relatos de situações de vida onde as mães são ou foram más* com suas filhas meninas, que vivo me perguntando sobre as raízes dessa questão. Entre amigas vejo como ainda é …
É tão tamanha a frequência com que ouço relatos de situações de vida onde as mães são ou foram más* com suas filhas meninas, que vivo me perguntando sobre as raízes dessa questão. Entre amigas vejo como ainda é …
Observo tantas vezes ‘as mesmas coisas’ – claro que não são as ‘mesmas’, mas são muito similares! – que, de vez em quando me dá muita vontade de mandar uns recadinhos coletivos como esse que vou mandar agora para …
Observo tantas vezes ‘as mesmas coisas’ – claro que não são as ‘mesmas’, mas são muito similares! – que, de vez em quando me dá muita vontade de mandar uns recadinhos coletivos como esse que vou mandar agora para …
Observo tantas vezes ‘as mesmas coisas’ – claro que não são as ‘mesmas’, mas são muito similares! – que, de vez em quando me dá muita vontade de mandar uns recadinhos coletivos como esse que vou mandar agora para …
Invariavelmente acontece no consultório que ao analisarmos os medos daquele alguém na minha frente cheguemos a essa conclusão: o medo de sofrer por algo ou alguém, nos mantém numa situação de sofrimento igual ou maior que o sofrimento do …
Invariavelmente acontece no consultório que ao analisarmos os medos daquele alguém na minha frente cheguemos a essa conclusão: o medo de sofrer por algo ou alguém, nos mantém numa situação de sofrimento igual ou maior que o sofrimento do …
Invariavelmente acontece no consultório que ao analisarmos os medos daquele alguém na minha frente cheguemos a essa conclusão: o medo de sofrer por algo ou alguém, nos mantém numa situação de sofrimento igual ou maior que o sofrimento do …
Meu primeiro contato com a prática do yoga da caxemira foi em julho de 2016. Dois anos se passaram e quando olho para esse processo, vejo tanta beleza que me deu vontade de dividir um pouquinho mais… Ao longo …
Meu primeiro contato com a prática do yoga da caxemira foi em julho de 2016. Dois anos se passaram e quando olho para esse processo, vejo tanta beleza que me deu vontade de dividir um pouquinho mais… Ao longo …
Meu primeiro contato com a prática do yoga da caxemira foi em julho de 2016. Dois anos se passaram e quando olho para esse processo, vejo tanta beleza que me deu vontade de dividir um pouquinho mais… Ao longo …
tenho marido*, sou rica, famosa, magra, mãe… são várias versões desse título. Não raras são as vezes em que confronto alguém no consultório com a seguinte questão: ok, e se um gênio da lâmpada te oferecesse a possibilidade de …
tenho marido*, sou rica, famosa, magra, mãe… são várias versões desse título. Não raras são as vezes em que confronto alguém no consultório com a seguinte questão: ok, e se um gênio da lâmpada te oferecesse a possibilidade de …
tenho marido*, sou rica, famosa, magra, mãe… são várias versões desse título. Não raras são as vezes em que confronto alguém no consultório com a seguinte questão: ok, e se um gênio da lâmpada te oferecesse a possibilidade de …

tags left

tags right

textos especiais nos equinócios e solstícios por email? Assine.

nunca compartilharemos seus dados

sobre o blog

Esse blog nasceu de um constante mergulhar em mim mesma e no universo ao meu redor.

Traduzir em palavras os sentimentos que me atravessam me ajuda a organizá-los e refleti-los.

Perguntar-nos ‘Quem sou eu?’ é pra que estamos aqui! E eu espero te inspirar a explorar esse tema.

about the blog

This blog was born from the constant dive into myself and the universe around me.

To reflect into words the feelings that emerge, helping me to organize and translate them.

To ask ourselves ‘Who am I?’ is what we are here for! I hope this blog inspires you to explore it.