“ninguém se torna iluminado…”

“…por imaginar figuras de luz, mas sim por tornar consciente a escuridão” Carl G. Jung Dentre tantas maravilhas ditas por Jung, sinto que essa frase tem um valor inestimável para os tempos sombrios que estamos vivendo. Na contramão do movimento ‘new age’ que acredita em ‘good vibes only’, pensamento positivo

compromisso e vontade

Cheguei à conclusão por esses dias que agora eu fiquei velha! Quero dizer… eu, que completei 50 anos ano passado e escrevi um texto sobre como não me sentia uma senhora de 50 anos, cheguei à conclusão, não sem certo espanto da minha parte, que acho que me tornei essa

não é ou, é e!

Tenho refletido muito sobre isso ultimamente. Como vivemos, cada vez mais, nesse mundo do Ou. Ou sou a favor do Bolsonaro Ou sou petista. Ou defendo o saber acadêmico e científico e desqualifico todos os outros saberes, Ou descarto toda e qualquer ciência e digo mentiras e leviandades. Ou sou

o desafio de cortar o cordão umbilical

A cada setênio da nossa vida temos um desafio psíquico mais importante para dar conta. Jung estudou profundamente os setênios da vida adulta, com especial ênfase aos que vão dos 28 aos 35 anos, dos 35 aos 42 e dos 42 aos 49. Os primordiais da chamada vida adulta na

a beleza que pude ver nessa eleição

Gente que nunca se posicionou na vida, se posicionou nessa eleição. Gente que tinha um medo incrível de se expor, se expôs. Máscaras definitivamente caíram e ante tamanha brutalidade da decisão à que fomos colocados frente a frente, nos posicionamos. Mesmo os que acreditam que não escolheram, escolheram. No consultório

o exercício político como dimensão necessária do Self

Jung fala em 6 dimensões do Ser. A inteireza do Self tem pilares. Eu e meu corpo. Eu e meu trabalho. Eu e minhas relações afetivas. Eu e minha família de origem e de destino. Eu e o mundo ao meu redor. Eu e a espiritualidade. Pra falar de forma

Outros saberes no seu email? Assine aqui:

nunca compartilharemos seus dados