astrologia na vida e na clínica

Faz quase 30 anos que leram meu primeiro mapa astral. Me lembro de ter ficado tão impressionada: como alguém que nunca tinha me visto podia saber tanto de mim? Me apaixonei!

De lá até aqui, foram muitos outros mapas e astrólogos maravilhosos na minha jornada. A cada leitura um novo insight sobre o qual trabalhei em sonhos, em terapia… sempre novos pontos de vista cada vez mais completos e complexos sobre as influências energéticas do Céu sobre meus passos na Terra! 🙂

Logo veio o primeiro livro para estudar astrologia… era 1998… “Curso Básico de Astrologia” de Marion D. March e Joan McEvers. Excelente começo! Com ele mesmo já entendi que seriam muitos e muitos anos de estudo até que conseguisse compreender profundamente a astrologia… incorporá-la no meu corpo e coração… e eu tinha muitas outras coisas para estudar também…

Estudei Jung, Florais de Bach, Terapia Holística, Psicologia do Feminino, Filosofia… e a Astrologia continuava ali, devagar e sempre… paralelamente, assim como os mapas! 🙂

Nos últimos 8 anos a astrologia foi estrela de primeira grandeza na minha vida. Estudando. Ensinando. Observando. Aprendendo. E trazendo cada vez mais para o consultório, ao longo do caminho… Astrologia e psicoterapia são uma dupla perfeita! 😉

Hoje, sinto a astrologia como uma linguagem incrível para compreender os grandes e pequenos fluxos energéticos a que estamos sujeitos, no individual e no coletivo. Uma complexa mandala que nos conta de uma alminha que encarnou num corpo, família, sociedade, tempo que melhor combina forças para os aprendizados escolhidos… e as energias disponíveis nessa mandala mostram caminhos em direção aos trilhos dos chamados anímicos. Nada parece ser por acaso.

Conhecer a nossa mandala, nosso mapa da alma, enriquece e aprofunda demais o processo terapêutico na minha experiência. Jung estudou astrologia e trouxe muitas vezes para a clínica. Em uma carta à Freud, Jung conta que suas noites estavam sendo preenchidas pelo estudo entusiasmado da astrologia!

A astrologia coletiva (ou mundana) é usada para entender os grandes movimentos a que todos estamos sujeitos; e que assim como os grandes movimentos culturais, econômicos ou migratórios, transformam as pessoas, os países e o planeta. Me atrai muito também! É lindo ver ‘à olho nu’ como tudo está conectado nesses fluxos! Tenho vários textos por aqui falando desses ciclos e movimentos coletivos.

Aprender-me através do meu mapa astral tem sido uma experiência profundamente significativa ao longo do meu processo de autoconhecimento. Recomendo demais!

Se quiser, faça o seu mapa gratuitamente no site www.astro.com e pelo menos você já vai poder conhecer seu signo solar,  ascendente e Lua! O tripé que é o começo do começo… 🙂

Aqui na página outros contextos você pode fazer o download gratuito de duas mandalas com as energias dos 12 signos e 12 casas do mapa astral, que vai te ajudar a começar!

Espero que você se apaixone também!

Ah e se quiser fazer seu mapa com uma astróloga profissional eu recomendo a Tais Mandelli! <3

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
inscrever-se
Notify of
0 Comentários
feedback em linha
ver todos os comentários

textos especiais nos equinócios e solstícios por email? assine.

nunca compartilharemos seus dados

0
deixe seu comentáriox
()
x

sobre o blog

Esse blog nasceu de um constante mergulhar em mim mesma e no universo ao meu redor.

Traduzir em palavras os sentimentos que me atravessam me ajuda a organizá-los e refleti-los.

Perguntar-nos ‘Quem sou eu?’ é pra que estamos aqui! E eu espero te inspirar a explorar esse tema.

about the blog

This blog was born from the constant dive into myself and the universe around me.

To reflect into words the feelings that emerge, helping me to organize and translate them.

To ask ourselves ‘Who am I?’ is what we are here for! I hope this blog inspires you to explore it.